7 COISAS COMUNS NO BRASIL QUE SÃO TOTALMENTE ESTRANHAS NO RESTO DO MUNDO


Sim, nós somos brasileiros e somos um povo diferente. Nós fazemos um monte de coisas que lá fora são tidas como... exóticas. Não estamos só falando de chamar futebol de futebol ou cantar e rebolar até o chão ao som do tamborzão. Existem outros lugares que fazem isso também. Estamos falando de diferenças mais sutis que realmente deixam grande parte do mundo sem saber lidar com a situação. Um bom exemplo é tomar água de um filtro ao invés de tomar da torneira. Inclusive se você receber um gringo em sua casa, que veio do norte do mundo, já avise isso pra ele. Nós como qualquer outro país, temos hábitos que você só se encontra aqui, ou dificilmente encontrará em outro lugar. Esses hábitos acabam que deixam visitantes internacionais, um tanto confusos.


Hoje trouxemos para você alguns desses jeitinhos e coisas que só aqui no Brasil você encontra, e também algumas outra que dão um nó na cuca dos gringos. Prepare-se pra descobrir um pouquinho mais sobre a sua própria natureza e o que talvez você possa enfrentar lá fora. Descubra 7 coisas comuns no Brasil que são totalmente estranhas no resto do mundo.



1 - Pegação


O Brasileiro é famoso por ser um povo bem "caloroso", se é que você me entende. Muitas vezes a nossa abordagem com parceiros ou pretendentes é um tanto estranha para diversos países no mundo. Essa questão de "ficar" é algo muito nosso, inclusive é um pouco complicado para pessoas de alguns países entenderem.

2 -Abraçar e Beijar


Sim, nós abraçamos muito, somos acostumados com contato físico e damos beijinhos para despedir e cumprimentar. Isso não é um hábito muito comum em países ao norte, ásia e outros muito mais. Eles ficam sem entender porque você está tentando dar um abraço neles e vão fazer uma cara de desentendido.

3 - Botecos


Botecar é algo muito nosso também. Sim, existem lugares do mundo que você acha botecos ou algo similar, porém em outros lugares isso é um conceito bem estranho. Um lugar pequeno, aberto, bem casual, com cerveja barata e gente conversando... Não é tão comum assim como você pensa. Pelo menos não dentro dos padrões da espontaneidade e casualidade brasileira.

4 - Pessoas abertas


O brasileiro tem uma reputação de amigável. Se você for algum dia para Europa, verá que as pessoas são mais "fechadas" para nosso padrão. Uma coisa que os gringos estranham bastante é essa abertura que damos as pessoas que não conhecemos e a facilidade de fazermos amizades e manter um diálogo. Não é atoa que lá fora somos considerados um povo alegre.

5 - Comer pizza com garfo


Praticamente o mundo inteiro come uma fatia de pizza com a mão, mas nós inventamos de comer com garfo e faca. Se você for para fora do país, pedir uma pizza e depois perguntar pelos talheres... Provalmente eles vão perguntar de onde você é, isso se não acertarem de primeira que você é brasileiro.

6 - Lixeiras para papel higiênico


No Canadá por exemplo, se você jogar papel higiênico no cesto de lixo, provavelmente eles vão te olhar com cara feia. Na verdade, isso faz sentido já que papel higiênico usado costuma feder. Normalmente eles jogam o mesmo dentro da privada mesmo e dão descarga.

7 - Falar Português



Inclusive isso já se tornou clichê. Gringos acham que nós falamos Espanhol... Se você não está com paciência de dar uma aulinha de história para um norte-americano do porque o brasileiro não fala espanhol ou "brasileiro", boa sorte. Contudo, faz bastante sentido que pensem assim, já que na America Latina inteira somos os únicos que falam português! Eles simplesmente não entendem isso, a não ser que você explique.



2 comentários:

  1. Papel higienico na lixeira é nojento mesmo, eu sou Brasileiro mas nunca me acostumei com isso, sempre jogo no vaso

    ResponderExcluir
  2. Em outros países o papel higiênico é fabricado para se dissolver na água, ele é feito para ser jogado no vaso sanitário; a cesta no banheiro é um costume tão enraizado que o brasileiro não para e pensa de como é nojento.

    ResponderExcluir

Copyrights @ Como eu nunca soube disso? 2018

Este Blog usa cookies em seus plugins e banners. Ao continuar você confirma que aceita os termos e está ciente. Para mais informações, acesse: Política de Privacidade Aceitar e Fechar